Mais de 24 mil assistiram ao Mundial de Futsal Feminino em Oliveira de Azeméis

Federação

Terminou ontem o III Mundial de Futsal Feminino, numa prova que foi um grande êxito em termos organizativos e de adesão de público. Ao longo de uma semana, mais de 24 mil pessoas passaram por Oliveira de Azeméis para ver ao vivo a maior competição mundial de futsal feminino. Em média, cada jogo teve mais de 900 pessoas a assistir.

Em termos televisivos, o destaque foi para a final, que foi o programa mais visto de Domingo na RTP2, tendo mesmo ultrapassado a RTP1 em vários momentos da transmissão, com mais de 350.000 telespectadores.

Também a meia-final contra a Espanha atingiu números históricos para o Futsal Feminino, com a decisão nas grandes penalidades, que apurou Portugal para a final, a ultrapassar os 400 mil espectadores.

O balanço final da prova foi feito esta segunda-feira, no Centro de Imprensa do Pavilhão Dr. Salvador Machado, pelo Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Humberto Coelho, e pelo Presidente da Câmara Municipal da Oliveira de Azeméis, Hermínio Loureiro. Humberto Coelho confirmou o sucesso da organização: “Superámos todas as expectativas. Quero agradecer à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis pelo acolhimento, à Associação de Futebol de Aveiro por se ter aliado à Federação Portuguesa de Futebol na organização deste evento, tendo uma quota-parte significativa no sucesso do mesmo. Se observarmos os números de balanço desta organização podemos dizer que traduzem na perfeição o sucesso que alcançámos. Tivemos uma média de 3500 pessoas por dia no pavilhão, cerca de 40 jornalistas acreditados e 20 fotógrafos presentes, o que atesta da importância da prova e merece o nosso agradecimento pela colaboração na divulgação dos jogos, pelo empenho que tiveram em dar a conhecer o evento, contribuindo igualmente para o sucesso. Os níveis de audiências chegaram a rondar os dos restantes canais, como a TVI ou a RTP1, números que nos transmitem um certo optimismo em relação ao futuro.”.

 O Vice-Presidente da FPF acrescentou ainda que o êxito alcançado poderá ser determinante para a oficialização da prova pela FIFA. “Estiveram presentes no Mundial duas comissárias da FIFA que se mostraram surpreendidas com a envolvência da prova. Nunca viram tanto público feminino a presenciar jogos de futsal feminino. Não será um processo fácil, mas estamos em crer que a FIFA abrirá portas para que os Mundiais sejam oficializados”.

Também Hermínio Loureiro fez um balanço extremamente positivo. “O balanço que fazemos é francamente positivo e superou todas as expectativas que tínhamos quando nos candidatámos à organização do evento. Havia três condições essenciais a que nos propusemos quando nos candidatámos: a primeira era a valorização da modalidade, a segunda passava pela optimização da utilização dos espaços desportivos e a terceira seria a notoriedade e valorização do concelho. Todas estas condições foram amplamente atingidas.”

A terminar, o Presidente da CM Oliveira de Azeméis destacou ainda o retorno económico que foi possível atingir para a região. “As nossas unidades hoteleiras estiveram completamente esgotadas durante este tempo todo e mesmo ontem – domingo – os nossos restaurantes estiveram lotados, fruto deste mundial. Também neste aspecto, de animação sócio-económica, fazemos um balanço francamente positivo.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s